Categoria: Saúde

Vacinas agem contra Covid-19 grave, mesmo com nova variante

Estudo sobre Ômicron é de cientistas sul-africanos

Cidade do Cabo Publicado em 3/12/2021, às 12:14 • Atualizado em 3/12/21, às 12:14




Vacinas agem contra Covid-19 grave, mesmo com nova varianteFoto: NIAID

Cientistas sul-africanos concluíram que as vacinas existentes contra a covid-19 evitam a doença grave com a variante Ômicron do SARS-CoV-2. Avanços preliminares de um estudo indicam que o teste de PCR permite perceber se o contágio é com a nova mutação, sem ter que segmentar o genoma.

A Rede de Vigilância do Genoma da África do Sul (NGS-SA) apresentou os estudos sobre a Ômicron à Comissão de Saúde do Parlamento.

Apesar de ainda necessitarem de tempo para ajustar os dados, sobre o que já consideram o início da quarta onda da pandemia, garantem que estão concentrados na transmissibilidade e no efeito da imunidade que as vacinas proporcionam.

“A genética da Ômicron é completamente diferente da variante Delta ou das variantes anteriores”, afirmou Richard Lessels, especialista em doenças infectocontagiosas.

Os cientistas ainda não sabem se o período da incubação se mantém numa média de cinco dias. No entanto, Lessels garante que “as vacinas são a ferramenta que pode evitar a doença grave e a hospitalização”.

“Estamos preocupados não tanto com o número de mutações, mas onde elas estão concentradas, porque muitas delas o fazem no pico da proteína e, especificamente, em partes-chave que são importantes para ter acesso às nossas células. Não sabemos se os anticorpos são capazes de lidar com elas”, acrescentou.

O especialista destacou que, “embora a maioria dos casos positivos com a nova variante tenha sintomas ligeiros, é muito cedo para dizer o nível de periculosidade da Ômicron, porque foi detectada muito recentemente. Não sabemos se vamos ver casos mais graves”.

A variante já está presente em todas as províncias da África do Sul. A dúvida dos especialistas é se ela vai substituir a Delta “que se propagava a níveis muito baixos”. Lessels afirma que o teste PCR é capaz de detectar a nova variante sem a necessidade de sequenciar o genoma.

“Se um dos três sinais ou alvos do PCR é negativo e os outros dois positivos, então o teste continua positivo, mas algo diferente é observado. Não é possível detectar o gene Skipe. E foi o que aconteceu no laboratório Lancet, em Gauteng [província no norte da África do Sul], onde descobriram que alguns casos positivos tinham esta marca: o nocaute do gene, o que não acontece com a variante Delta. Por isso, com o PCR podemos acompanhar o rastreamento da Ômicron em tempo real, não é necessário ter a sequência genética completa, o que costuma demorar duas semanas em laboratório”, explicou.

O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas da África do Sul confirmou, em novembro, que de 249 sequências localizadas, 183 eram da Ômicron. A imunidade pós-covid-19, cuja duração é desconhecida, não oferece proteção contra a nova variante.

A província de Gauteng (a mais populosa do país e que inclui as cidades de Pretória e Joanesburgo) continua a ser a que apresenta mais casos positivos diários, seguindo-se KuaZulu-Natal e Cabo Ocidental.

Oito dos 15 milhões dos habitantes de Gauteng não foram vacinados, e a taxa de transmissibilidade passou de um para 2,3.

“É claro que os jovens não vacinados são uma grande preocupação. Continuamos a enviar a mensagem de que ser vacinado é importante porque as pessoas imunizadas estão apresentando sintomas mais leves”, afirmou David Makhura, primeiro-ministro de Gauteng.

A Ômicron foi detectada em mais de 20 países, mas a África do Sul e Botsuana continuam a ser responsáveis por 62% dos novos casos identificados no mundo.



Acompanhe nossas notícias de forma mais rápida em seu celular pelo Google News. Clique aqui e siga a SP Rio +.

Publicidade

Deixe seu comentário:
Os comentários não representam a opinião da SP Rio +. A responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas noticias
Esporte

Robert Lewandowski é eleito o melhor jogador do mundo pelo segundo ano consecutivo

Foto: AFP
O polonês Robert Lewandowski foi eleito, pelo segundo ano concecutivo, o melhor jogador do mundo.
A cerimônia, organizada pela FIFA …

3 horas atrás
Economia

Economia Atividade econômica cresce 0,69% em novembro, diz Banco Central

Foto: José Cruz/ Agência Brasil
O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) apresentou alta de 0,69% registrado em novembro de 2021, na comparação …

4 horas atrás
Cidades

Procon de Jacareí restringe atendimento presencial

Foto: Divulgação/PMJ
O Procon de Jacareí vai restringir, a partir dessa semana, o atendimento presencial devido à recomendação feita pelo comitê …

5 horas atrás
Cidades, Mais Destaques

Caçapava decide cancelar festividades do Carnaval

Foto: Divulgação
A Prefeitura de Caçapava anunciou, na manhã desta segunda-feira (17), a suspensão das festividades do Carnaval, tanto no espaço …

5 horas atrás
Esporte

Taubaté promove oito atletas que disputaram a Copinha para o time profissional

Foto: Caíque Toledo/EC Taubaté
A comissão técnica do Esporte Clube Taubaté irá promover oito jovens que disputaram a Copa São Paulo …

5 horas atrás
Esporte

CBF define os confrontos da primeira fase da Copa do Brasil

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) definiu nesta quarta-feira (17) os confrontos da primeira fase da Copa do …

6 horas atrás
Cidades, Mais Destaques

Semana será de sol e calor no Vale do Paraíba

Essa semana a chuva irá dar uma trégua em toda a Região Metropolitana do Vale do Paraíba. A mudança acontece …

7 horas atrás
Cidades

Jacareí inicia distribuição dos carnês dos Tributos do Mobiliário de 2022

 

Foto: Divulgação/PMJ
A Prefeitura de Jacareí inicia, nesta semana, a distribuição dos carnês dos Tributos do Mobiliário de 2022.
De acordo com …

8 horas atrás
Esporte

Jogos do Taubaté na Série A-2 terão transmissão na Eleven Sports e no YouTube da FPF

Foto: Caíque Toledo/EC Taubaté
Os jogos do Campeonato Paulista da Série A-2 terão transmissão na plataforma Eleven Sports e no Canal …

9 horas atrás
Economia, Mais Destaques

Crise e pandemia aumentam parcela da pobreza no Vale do Paraíba

Foto: Rogério Marques/OVale
A crise econômica e a pandemia da Covid-19 atingiram em cheio as famílias do Vale do Paraíba, aumentando …

10 horas atrás