Categoria: Animais Ok

Por que castrar cães e gatos?

Entenda os benefícios à saúde dos animais que a esterilização cirúrgica proporciona

Renato Osman - • Publicado em 17/08/2021, às 15:06 • Atualizado em 17/08/21, às 20:23




Por que devo castrar cão e gato?Foto: Charles de Moura/PMSJC

A coluna AnimaisOk, escrita por Ricardo Osman – jornalista e médico veterinário – estreia nesta terça-feira (17) na SP RIO+ com o assunto castração de cães e gatos.

As prefeituras têm demonstrado preocupação crescente com o controle de natalidade em cães e gatos para assegurar melhor qualidade de vida dos bichos e reduzir os índices de doenças zoonóticas (aquelas transmitidas pelos animais aos humanos).

A consciência de que a cirurgia nas fêmeas (a técnica mais usada é a retirada do útero e dos ovários) e nos machos (exclusão dos testículos) é solução definitiva para ninhadas indesejadas já está presente entre os responsáveis pelos animais. O que pouca gente sabe são dos benefícios à saúde dos animais que a esterilização cirúrgica proporciona.

Um dos maiores benefícios das castrações de fêmeas de ambas as espécies é a redução do risco do câncer de mama. Pesquisas internacionais já comprovaram que a retirada dos ovários, e consequentemente dos hormônios reprodutores, é prevenção ao câncer mama.

A American Veterinary Medical Association (AVMA) defende o procedimento em bases científicas. “Metade de todas as neoplasias mamárias em cães e mais de 85% de todas as neoplasias mamárias em gatos são malignas, e a esterilização de animais de estimação fêmeas antes dos 12 meses de idade reduz esse risco”, informa. “A castração dos machos elimina o risco de câncer testicular”, acrescenta o artigo, disponível no site da AVMA.

Por que devo castrar cão e gato?Foto: Lucas Cabral/PMSJC

A organização World Animal Protection estima que “99% das cadelas castradas antes do primeiro cio não desenvolvem a doença” e afirma que, em gatas, a castração reduz as chances de câncer de mama entre 40% a 60%. Importante ressaltar que o câncer de mama maligno, capaz de apresentar metástase no pulmão e fígado, pode ser fatal, gera alto sofrimento, desgaste emocional na família, e o tratamento principal é a excisão de toda a cadeia mamária.

A retirada dos ovários e útero das fêmeas traz outros benefícios à saúde. Sem o órgão reprodutor, não há o risco de piometra, nome técnico da infecção de útero (mais comum do que se imagina) A World Animal Protection destaca: “As fêmeas não ficam mais vulneráveis a infecções uterinas graves, uma vez que o seu aparelho reprodutor é removido.” Doenças sexualmente transmissíveis, como o Tumor Venéreo Transmissível (TVT), deixam de ser também um risco.

A literatura científica recomenda que cães e gatos sejam castrados somente após a série de vacinas que tem início aos 2 meses de idade e vão terminar 60 dias depois, ou por volta dos 6 meses de idade. Isso porque os hormônios reprodutores de machos e de fêmeas fazem parte do crescimento e definem características importantes dos animais. A castração precoce pode provocar incontinência urinária nas fêmeas, informa a AVMA. Nos machos, é preciso aguardar que os testículos desçam para o saco escrotal.

Uma vez castrados, os machos ficam menos agressivos e deixam de urinar por toda a residência, o que reduz conflito com a família humana. Um cão macho com testículos demarca todo o território com xixi na tentativa de atrair uma fêmea da vizinhança. O xixi neste caso é uma espécie de Whatsapp do mundo canino, a principal comunicação com a namorada. Ele não larga seu Whatsapp nem de dia e nem de noite.

Com os gatos machos, a mesma coisa acontece. Mas há um risco ainda maior: gatos pulam, sobem árvores e muros, saltam obstáculos. Acabam indo para as ruas e nas lutas inevitáveis do acasalamento de felinos podem contrair doenças virais graves, como a Leucemia Viral Felina, ou Felv, e a Imunodeficiência Viral Felina, Fiv, que foi confundida com a Aids humana na década de 1980. Ambas doenças imunológicas não têm cura.

Sem o impulso de ir para a rua, é reduzido com o procedimento o risco de atropelamento. As campanhas anunciadas visam sobretudo diminuir o número de filhotes de cães e de gatos abandonados nas avenidas, ruas e parques das cidades brasileiras.

Por tudo isso, o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) de São Paulo reforça ser fundamental a realização de projetos educativos junto das campanhas de castração.

O tutor deve fazer a sua parte:

  • As campanhas oferecidas pelas prefeituras exigem dos tutores dos animais atenção aos pré-requisitos e ao pós-operatório:
  • O animal deve estar em jejum de ração e água no dia da cirurgia (de 8 horas a 12 horas, varia conforme cada protocolo);
  • O animal deve estar saudável, comendo e bebendo normalmente e com fezes com consistência normal;
  • Fêmeas não podem estar no cio, prenhas ou amamentando para entrar em uma campanha;
  • Cães e cadelas precisam usar roupinhas cirúrgicas;
  • Os gatos devem ir em caixa de transporte de felinos domésticos;
  • Os medicamentos prescritos devem ser administrados corretamente. Programa-se para dar atenção ao seu pet;
  • Mantenha as vacinas de seu pet em dia.



Acompanhe nossas notícias de forma mais rápida em seu celular pelo Google News. Clique aqui e siga a SP Rio +.


Deixe seu comentário:
Os comentários não representam a opinião da SP Rio +. A responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas noticias
Cidades, Destaque

Aeroporto de SJC tem contrato de concessão para exploração assinado

Foi aprovado, nesta quarta-feira (17), a concessão para exploração, manutenção e expansão do Aeroporto de SJC (Professor Urbano Ernesto Sumpf), …

2 horas atrás
Esporte, Mais Destaques

Presidente do EC Taubaté não pretende aderir a SAF no clube da região

O novo presidente do EC Taubaté, Hélio Marcondes Neto, afirmou em entrevista ao Talk+ desta quarta-feira (17) que não pretende …

3 horas atrás
Esporte

Joseense Rafael Macedo conquista Troféu Brasil de Judô

Mais um pra conta! O joseense Rafael Macedo conquistou nesta terça-feira (16) o Troféu Brasil de Judô na categoria médio …

9 horas atrás
Cidades, Colunas

Feira do Bolinho Caipira 2022 começa nesta sexta-feira em Jacareí

Tradicional em Jacareí, a Feira do Bolinho Caipira está prestes a começar. O evento acontecerá nos dias 19, 20 e …

10 horas atrás
Cidades

Transporte público de Caraguatatuba tem horário de atendimento ampliado

O transporte público de Caraguatatuba vai ter o seu horário de atendimento ampliado. O novo quadro de horários entrou em …

11 horas atrás
Cidades

Loa 2023 de São José dos Campos começa a ser discutida hoje

Começa a ser discutida nesta terça-feira (16) a série de sete audiências públicas para a elaboração da Loa 2023 de …

1 dia atrás
Esporte

São José Wrestling conquista 27 medalhas nacionais neste final de semana

A equipe São José Wrestling conquistou mais de 27 medalhas nas quatro competições da modalidade disputadas em Brasília, neste final …

1 dia atrás
Colunas, Economia, Mais Destaques

Brasil terá moeda digital própria a partir de 2023, entenda a novidade

Os cheques desapareceram há anos, são poucos os que andam com dinheiro vivo atualmente e até mesmo os cartões de …

1 dia atrás
Esporte, Mais Destaques

Novo presidente do EC Taubaté toma posse

Uma nova história começa a ser escrita! Hélio Marcondes Neto tomou posse na noite desta segunda-feira (15) como novo presidente …

1 dia atrás
Destaque, Economia

Gasolina da Petrobras vai ficar R$ 0,18 mais barata no Vale do Paraíba

A gasolina vai ficar R$ 0,18 mais barato nas distribuidoras da Petrobras, a partir desta terça-feira (16). O reajuste foi …

2 dias atrás